Logomarca Difusora
Histórico Fotos Equipe Programação Novelas Departamento Comercial Promoção Contato
 
 
 Caso de Febre Maculosa em Santa Cruz
01/02/2020
Técnicos da Sucem fazem trabalho de campo
 


A Secretaria da Saúde informa que um caso óbito ocorrido no final do mês de dezembro 2019, estava em investigação para pela Secretaria Municipal de Saúde/ Vigilância Epidemiológica, e foi confirmado pelo Instituto Adolfo Lutz como febre maculosa, os técnicos da SUCEN farão um trabalho de campo nos locais prováveis de infecção onde o paciente frequentou 15 dias antes do início dos sintomas para a pesquisa de presença do carrapato. As áreas serão identificadas com placas alertando a população sobre o perigo da presença de carrapatos no local.

FEBRE MACULOSA

O QUE É ?
A febre maculosa é uma doença infecciosa febril aguda de gravidade
variável, que pode cursar com formas leves e atípicas até formas graves com elevada taxa de letalidade de até 80%. É transmitida por carrapatos Ambyomma cajannense, também conhecido por : “ carrapato estrela “, “ carrapato de cavalo “ , ou “rodoeiro” . O Micuim ( larva do carrapato estrela pode transmitir a doença ) infectado pela bactéria Rickettssia rickettsii.
Os equídeos, roedores como a capivara (Hydrochaeris hydrochaeris), e marsupiais como o gambá (Didelphys sp) têm importante participação no ciclo de transmissão da febre maculosa e há estudos recentes sobre o envolvimento destes animais como amplificadores de riquétsias, assim como transportadores de carrapatos potencialmente infectados.

SINTOMAS
A partir do 2º dia da picada do carrapato infectado até o 14º (em média 7 dias) aparecem os sintomas:
 Febre;
 Dor de cabeça;
 Dores no corpo;
 Manchas avermelhadas;
 Olhos irritados.
Ao 3º e 4º dia podem ocorrer manchas avermelhadas ( máculas), em torno do punho , tornozelo, tronco, rosto, pescoço, palma das mãos e sola dos pés .

DIAGNÓSTICO
O diagnóstico precoce é muito difícil, principalmente durante os
primeiros dias de doença, quando as manifestações clínicas também podem sugerir leptospirose, dengue, hepatite viral, salmonelose,
meningoencefalite, malária e pneumonia. Por isso é de extrema
importância informar ao profissional de saúde se frequentou áreas
rurais, de mata e beira de rio, pois essa informação contribuirá para
a suspeita precoce e assim tratamento em tempo oportuno.
ATENÇÃO: ao apresentar os sintomas da doença após encontrar carrapatos pelo corpo ou frequentar áreas de mata e/ou beira de rio procure uma
unidade de saúde.
.

COMO PREVINIR

 Não caminhe em áreas infestadas , caso necessário, use roupas claras e cubra todo corpo;
 Evite lugares de pastagens de animais e margens de rios habitados por capivara;
 Se sua residência e seu animal de estimação estiverem infestados, e necessário combater os carrapatos do quintal com veneno apropriado , e procure um médico veterinário para avaliação do animal ;
 Corte o mato e a grama rente ao solo.
SE FOR NECESSÀRIO ENTRAR EM ÁREAS INFESTADAS, USE ROUPA CLARAS PARA FACILITAR A VISUALIZAÇÃO DOS CARRAPATOS . LEMBRE-SE: REALIZE O AUTO-EXAME DE SEU CORPO A CADA 3 HORAS .CASO ENCONTRE ALGUM CARRAPATO NÃO ESMAGUE RETIRE-O CALMAMENTE TORCENDO ATÉ SE DESPRENDER DA PELE .
NUNCA ESMAGUE O CARRAPATO COM AS MÃOS OU UNHAS, POIS VOCÊ PODE ADQUIRIR
A DOENÇA ATRAVÉS DE PEQUENOS FERIMENTOS NA PELE !

Fonte : Guia de Vigilância em Saúde/MS
 
« Voltar  
 
 Leia também:
SP 225 é opção de motorista...
 
Cart divulga acessos disponíveis para viagem
Leia a matéria na integra  
.....................................................................
Novo arco cirúrgico da Sant...
 
Equipes passam por treinamento
Leia a matéria na integra  
.....................................................................
Tudo pronto para o Carnaval...
 
Confira os eventos na praça e desfile de blocos
Leia a matéria na integra  
.....................................................................
Cart continua com cronogram...
 
Melhorias em dispositivo da SP 225
Leia a matéria na integra  
.....................................................................
Situação atualizada da Deng...
 
Saúde pede que população continue vigilante
Leia a matéria na integra  
.....................................................................
 
Copyright © Rádio Difusora. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento de sites: GV8 Sites & Sistemas